Suportando a ignorância, uma doença social: Marina Baitello

Você não precisa mudar nada em sua rotina, apenas escute ao seu redor. Quanta gente burra tem no mundo! Gente ignorante! Infelizmente a grande maioria não é burra - simplesmente não estudou, não teve educação e trabalha em modo automático. Não se choque... Muitos colegas seus nunca leram um livro...


A realidade é que ninguém precisa assumir um absurdo destes para mostrar que não tem cultura ou repertório; aliás, quem assume esta condição publicamente assina não só o rótulo de inculto mas também de limítrofe ou burro mesmo (ninguém precisa saber de nossos podres, certo?). Oscar Wilde, em uma de suas citações, pontuou bem o comportamento humano ao dizer que somos tão treinados a esconder nossa própria ignorância como somos treinados a sorrir para esconder nossas lágrimas. Quem não atinge o limiar de conhecer sua própria ignorância encontra-se no limiar terrível do déficit de inteligência....

fonte: obvious