....sai a bajulação, entra o censor....

e dessa vez, o censor é o agente da livraria(valha-me!). escritores e jornalistas dependiam do parecer da nova figura criada devido a esculhambação em que se transformou a crítica literária. rolou de tudo. pediram fechamento de jornais, além de ameaça física aos críticos. e daí, o erudito já era um filósofo. o matemático vira escritor. um filósofo. um humanista. um político. e a academia de ciências vai cedendo o espaço para a filosofia. e quer saber? esses sinais já estavam em 1749. e agora, qual é o sinal que você consegue enxergar? eu percebo que a história vai se transformando, crescendo, mudando e, atualmente, quer dizer, de um tempo para cá, está regredindo. certa ou errada?