a sobrevivência dos tipos de gente....

a gente perdeu o fio da meada, realmente. um político/autoridade que sustentou a bandeira de reeleição, bem como, faz disso relatório de atividades de uma gestão, com a invasão de um país para matar apenas um homem(caramba), é digno de análise sobre a humanidade. percebo que, os lá de cima, sobrevivem, sobreviveram e sempre sobreviverão de mortes de inúmeras pessoas. quer outro exemplo? o marketing de israel. a propósito, daniel ortega assumiu governo nicarágua e não vi nada na mídia. mas temer estava em lisboa, dando adeus ao mário soares. somos europeus ou latinos?