a escrita enquanto imagem: leia....

 
nélida piñon, livro das horas, record, 2012.