‘os acontecimentos estão no comando, e dirigem a humanidade’


imagem: google
o pensamento é de ralph waldo emerson. gorbachev foi além: ‘a história castiga os que chegam tarde a ela’. digo: ‘je ne suis pas charlie’. não vejo a mídia como alvo. lembra-se quando foi divulgada a boa ação dos eua sobre a aproximação com cuba? pois então, quem fez a ponte? não foi o papa? caramba, num país comunista? confesso que até hoje não entendi. talvez os fatos explorados pela mídia, para a própria mídia, desde ontem, nos indique alguma coisa. olha, estou lendo, por coincidência, david halberstam, na obra ‘the next century’(o próximo século, editora campus,1992). mais um dos livros adquiridos no sebinho da márcia(ver posts anteriores), por cinco reais. halberstam é um jornalista que fala de mídia na dimensão orwelliana. aprendi a observar o mundo, sem a mínima pressa.