Poesia: Eduardo Rocha


Vida

A vida não é para se perder
Não é para se trocar ou se vender
A vida é para se embalar na Rede
Beijar a cada dia qual a mulher amada

A vida é para se perder de vista

Cantar em prosa e verso, ao violão
Beber cada gota no deserto
Sonhar a cada dia, em cada noite
A vida não é para se emprestar

É para morrer comigo!
É para viver comigo!
 
02/4/2013